Lopes - Relações com Investidores
BUSQUE AQUI
INSTITUCIONAL   |   MAPA DO SITE   |    English 
Estrutura Societária
MUDAR TAMANHO DA LETRA Diminuir tamanho da letra Aumentar tamanho da letra Voltar Imprimir                     PDF Downloads  
Em 2006, a Lopes realizou uma reorganização societária em consonância com sua estratégia de negócios e para se preparar para a abertura de capital. Nesse sentido, em 16 de agosto de 2006, as sociedades LCI­RJ, SATI, LIL, LR e EBC, recém constituídas como controladas da também recém constituída Companhia, passaram a exercer, juntamente com a Companhia, as atividades anteriormente exercidas pelas sociedades LCI, UPH, UPL e EMBRACI, nos termos do Instrumento de Cessão e Transferência de Atividades, celebrado em 15 de agosto de 2006. Essas sociedades, cujos negócios foram transferidos para a Companhia e suas controladas, permaneceram responsáveis por todo o passivo existente e contingente relacionado aos negócios e aos ativos transferidos, ressalvados os encargos trabalhistas (13º salário e férias) e respectivos encargos previdenciários relativos aos empregados da LCI, suas controladas e EMBRACI transferidos para a Companhia e suas controladas. Além disso, tal passivo será garantido por uma conta-garantida, no valor de R$10 milhões, a ser constituída pela LCI 15 dias após a Data da Liquidação. Também, em 15 de agosto de 2006, foi firmado um Contrato de Licença de Uso de Marcas, por meio do qual FLF outorgou à Companhia a licença de uso de todas as marcas anteriormente utilizadas pela LCI, por suas controladas e pela EMBRACI na atividade de intermediação na compra e venda de imóveis e consultoria imobiliária, podendo a Companhia sublicenciar o uso de tais marcas para suas controladas.

Adicionalmente, o único ativo tangível transferido para a Companhia, em 15 de agosto de 2006, no contexto da sua reorganização societária foi o ativo permanente imobilizado, no valor contábil total aproximado de R$4,1 milhões, tendo sido também transferida a provisão para o pagamento de 13º salário e férias, e respectivos encargos previdenciários relacionados aos empregados da LCI, suas controladas e EMBRACI transferidos para a Companhia e suas controladas, no valor de R$0,5 milhão, resultando no preço líquido de R$3,6 milhões, na data-base de 31 de julho de 2006. Os demais ativos da LCI, suas controladas e da EMBRACI, inclusive o caixa e aplicações financeiras, não foram transferidos para a Companhia e suas controladas.

Por oportunidade da reorganização societária, a Lopes também alterou seu modelo operacional, com aumento na sua estrutura de custos e despesas, e conseqüente impacto nos seus resultados e margem de lucros.

Estrutura Societária Pré e Pós a Reorganização Societária


Na estrutura societária anterior à reorganização, FLF detinha indiretamente aproximadamente 100% da LCI e suas controladas UPH e UPL. A EMBRACI, por sua vez, era detida por EJC. Com a implementação da reorganização societária, foram constituídas a Companhia e suas controladas LCI-RJ, SATI, LIL, LR e EBC. O controle indireto da Companhia é detido por São Francisco, Equity e RoseDiamond, sociedade constituída sob as leis do Reino Unido.

Segue abaixo o atual organograma da Lopes com a indicação da participação da Companhia no capital social total e votante das empresas indicadas, bem como nas empresas constituídas no âmbito do plano de expansão geográfica.



Central de Resultados LopesCentral de Resultados Lopes
Fale com RI
Espaço para analistas e investidores entrarem em contato com nosso departamento de RI. Clique aqui
Mailing LPS Brasil RI
Receba nossos alertas por email
LPS Brasil – Consultoria de Imóveis S.A. © 2009 Todos os Direitos Reservados
Rua Estados Unidos, nº 1971 | São Paulo – SP | 01427-002

Política de Privacidade e Condições de Uso
RIWEB